Quem Inventou a Escola?

Escrito por Lucas Oliveira

Equipe de autores da ArqBahia.

Quando você pensa em escola, o que lhe vem à mente? Salas de aula, carteiras, talvez um parquinho? Acredite ou não, a escola nem sempre foi assim. Nesse post de hoje, nós iremos saber um pouco mais sobre a história da instituição da escola e como ela mudou ao longo do tempo.

Então… Quem inventou?

Essa é uma pergunta intrigante e um tanto difícil de responder, pois a escola significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Algumas crianças têm aulas em uma sala de aula, enquanto outras estudam em casa. Algumas até têm aulas na floresta, como algumas crianças na Dinamarca. Desde que você esteja lá para aprender todos os dias, é escola. Mas de onde surgiu a ideia da escola? Alguém teve que pensá-la, certo? Antes de os humanos começarem a reunir as crianças todos os dias para aprender, as escolas não existiam.

A Antiga Forma de Ensino

Antes de pensar que as crianças mais antigas tinham facilidades e apenas passavam o dia brincando com os amigos, é importante lembrar que era muito difícil ser uma criança naquela época. Não havia lojas para comprar coisas necessárias, nem prédios para morar, e havia animais selvagens que podiam atacar a qualquer momento. As crianças precisavam aprender a caçar, pescar e construir abrigos seguros para sobreviver. No entanto, não havia escolas para ensiná-las. Por milhares de anos, alguém em sua comunidade ensinava a cada criança o que ela precisava saber individualmente, e funcionava.

Anúncio

A Necessidade de Escolas

Isso me faz pensar: se esse método de ensino funcionava, por que precisamos inventar escolas? Por que os adultos não poderiam continuar ensinando as crianças em casa?

Antes de prosseguirmos, estou curioso. O que você pensa? Por que as escolas foram inventadas? Agora é um bom momento para deixar seu comentário e trocar ideias.

Anúncio


         

A Origem das Escolas

Embora não saibamos como você respondeu, talvez tenha pensado que as escolas foram inventadas porque alguns adultos não sabiam ensinar certas coisas às crianças. Isso faz sentido. Adultos são inteligentes, mas não sabem tudo.

Pensa comigo: e se quase todo mundo de uma vila fosse terrível na pesca, enquanto a mãe de seu amigo conseguisse pescar um milhão de peixes de olhos fechados? Faz sentido que a mãe de seu amigo fosse a professora de pesca da comunidade, certo? Foi isso que as pessoas começaram a fazer. Em vez de ensinar as crianças individualmente, começaram a ter especialistas em pesca, caça ou construção de abrigos para ensinar grupos de crianças o que precisavam aprender.

As Primeiras Escolas

Essa ideia funcionou tão bem que as pessoas começaram a construir lugares específicos apenas para o aprendizado, como no Egito Antigo. Lá, a escrita era algo realmente difícil de aprender, e quase ninguém sabia como fazer. No entanto, se você fosse um menino de uma família rica, talvez tivesse a sorte de frequentar uma escola de escribas para aprender a escrever. As escolas de escribas foram umas das primeiras a se reunir em prédios reais. As crianças que frequentavam essas escolas especiais passavam horas por dia copiando símbolos em tabletes de argila ou papel feito de folhas.

Não foram apenas os egípcios que inventaram a escola. Na antiga China, meninos cujos pais eram parentes ou amigos do imperador frequentavam escolas da cidade para aprender matemática, poesia e até mesmo como respeitar seus avós. Ah, e eles passavam parte do dia aprendendo a usar arco e flechas.

A Evolução das Escolas

Com o tempo, as escolas começaram a surgir em diversos lugares, como na antiga Grécia, onde os meninos começavam a escola aos sete anos e aprendiam matemática, leitura, escrita e até luta livre. Porém, a escola quase nunca era gratuita, então muitas crianças não podiam pagar para frequentar.

Agora eu te pergunto… Você percebeu algo injusto sobre essas escolas antigas? Sim, apenas meninos podiam frequentar e apenas pessoas ricas! Não deveria ser permitido que todos fossem à escola?

A Luta pela Educação Inclusiva

ruby bridges
Ruby Bridges sendo escoltada para fora da escola

Com o tempo, muitas pessoas começaram a acreditar nisso, incluindo Catharine Beecher. Ela achava que as meninas deveriam ter permissão para ir à escola e também se tornar professoras. Então, ela iniciou escolas especiais onde as meninas podiam aprender a ensinar. Ela não foi a única. Horace Mann, por exemplo, acreditava que todas as crianças deveriam poder ir à escola, não importando se eram ricas ou pobres, e ele ajudou a criar leis para tornar isso possível. No entanto, mesmo que pessoas como Horace Mann e Catharine Beecher tenham se esforçado para tornar as coisas mais justas, elas não foram totalmente bem-sucedidas.

Por muito tempo, houve lugares nos Estados Unidos onde estudantes negros não podiam frequentar as mesmas escolas que os estudantes brancos. Isso só começou a mudar quando uma corajosa menina de seis anos chamada Ruby Bridges subiu os degraus da Escola Primária William Frantz, no sul dos Estados Unidos. Quando as leis nos Estados Unidos mudaram, Ruby foi a primeira menina negra a frequentar uma escola de brancos, mesmo que muitas pessoas não quisessem que isso acontecesse.

A Evolução da Escola

Pessoas como Ruby Bridges ajudaram a tornar nossas escolas muito melhores, mas não inventaram a ideia por si só. Muitas pessoas inventaram a escola, desde os primeiros humanos que ensinaram grupos de crianças a sobreviver, até os antigos egípcios e chineses que construíram alguns dos primeiros prédios escolares. Até mesmo crianças, como Ruby Bridges, contribuíram para tornar a escola mais justa para todos.

Ainda temos muito trabalho a fazer para tornar a escola a melhor que pode ser, mas a boa notícia é que a ideia da escola ainda está crescendo e sendo inventada todos os dias.

O Futuro da Escola

Isso me faz pensar: se dependesse de você, como tornaria a escola melhor? Construindo mais parquinhos, tendo aulas ao ar livre? É bom pensar, pois no final somos nós, como sociedade, que definimos o que ensinar e como ensinar!

Com essa pergunta, eu finalizo o texto! Um grande abraço!

referências

Este artigo é uma tradução e adaptação do vídeo Who invented school? do canal Mystery Science.Vale a pena conferir!

Deixe um comentário