Turbinas no mar: como funcionam os parques eólicos offshore?

Escrito por ArqBahia

Equipe de autores da ArqBahia.

Desde o início da Revolução Industrial, a busca por fontes de energia renovável e sustentável tem se intensificado à medida que os impactos ambientais das fontes de energia tradicionais se tornaram cada vez mais evidentes. Nesse contexto, a energia eólica offshore tem se destacado como uma alternativa promissora, capaz de atender à crescente demanda por energia limpa e ao mesmo tempo oferecer oportunidades de investimento inovadoras.

O que é a energia eólica “offshore”?

No contexto da energia eólica, o termo “offshore” refere-se a parques eólicos localizados no mar, geralmente em águas profundas.  Ao contrário das turbinas terrestres, as turbinas offshore estão sujeitas a ventos mais fortes e consistentes, o que as torna uma fonte de energia mais eficiente e confiável.

Além disso, a instalação de turbinas no mar evita o impacto visual e acústico associado às turbinas terrestres, o que as torna muito melhores para a população, já que não estarão instalados em áreas habitáveis.

Os avanços tecnológicos

Com o avanço da tecnologia, esses tipos de parques eólicos se tornaram mais robustas e eficientes. As turbinas agora são capazes de lidar com condições climáticas extremas, como tempestades e furacões, o que as torna mais seguras e confiáveis em ambientes marinhos. Além disso, os sistemas de ancoragem e suporte das turbinas foram aprimorados para garantir a estabilidade e durabilidade das estruturas.

Outro avanço significativo na energia eólica offshore é a utilização de turbinas de maior capacidade e altura. As turbinas modernas têm pás mais longas e mecanismos de ajuste automático para capturar mais vento e gerar mais energia. Além disso, as plataformas de instalação e manutenção das turbinas também evoluíram, tornando a construção e operação de parques eólicos offshore mais eficientes e econômicas.

Imagem de Enrique por Pixabay

Oportunidades de investimento

Com o crescimento contínuo do mercado de energia renovável, os parques offshore oferece oportunidades atraentes de investimento. Empresas especializadas na construção e operação de parques eólicos offshore estão buscando investidores para financiar projetos ambiciosos ao redor do mundo.

O Brasil, por exemplo, tem um grande potencial para liderar a transição energética mundial a partir da energia eólica offshore, Essa é a visão da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEolica), que participou de um painel na COP27, no Egito. A entidade destacou que o país já tem 170GW de projetos com pedido de licenciamento do Ibama e que a eólica offshore pode trazer benefícios econômicos, sociais e ambientais.

Conclusão

Em conclusão, a energia eólica offshore representa uma evolução significativa no setor de energia renovável, oferecendo benefícios ambientais, econômicos e sociais. Com avanços tecnológicos contínuos e oportunidades de investimento cada vez mais atraentes, esse tipo de energia limpa se destaca como uma opção viável para um futuro mais sustentável e próspero.

Anúncio

Referências

What is offshore wind energy – Iberdrola

Eólica Offshore é a aposta do Brasil para consolidar a transição energética (www.gov.br)

Deixe um comentário